Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Adriano Jordão, Piano Solo.

Adriano Jordão, Piano Solo.

Música & Festivais | Concerto

Museu do Oriente

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2020
dez
11

Sessão

11 dez 2020 19:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

75 minutos

Abertura Portas

18:30

Promotor

Fundação Oriente

Sinopse

O pianista Adriano Jordão nasceu em Angola em 1946.
Estudou em Portugal com Helena Sá e Costa e outros professores. Em 1967 a Fundação Calouste Gulbenkian ofereceu-lhe uma bolsa que lhe permitiu fazer um ano de estudos avançados nos Estados Unidos da América. Em 1969, depois de ter completado o curso superior no Conservatório Nacional de Lisboa, com a maior distinção, na classe da professora Helena Matos, continuou os seus estudos em Paris , sob a orientação de Yvonne Lefébure.
Ganhou numerosos prémios em competições nacionais e internacionais tendo especial destaque o 1º Lugar no Concurso Internacional de Debussy, em França.
A carreira artística de Adriano Jordão levou-o a apresentar-se por toda a Europa, América do Norte e do Sul, bem como em África e na Ásia.
Depois da sua estreia na América do Norte , com a Kingsport Symphony, no Tennessee , atuou em São Francisco, Washington, Boston e em New York, no prestigiado Lincoln Center com a New Orchestra of Boston sob a direção de
David Epstein e também no Carnegie Hall, também em New York, com a Queen's Symphony Orchestra sob a direção de John Neschling; ainda no continente norte americano deu vários concertos no Canadá.
Os seus concertos no Brasil , nas mais importantes salas de espetáculos, bem como no México , Venezuela, Paraguai, em África ( Cabo Verde, Senagal, Angola e Moçambique) e na Ásia ( Índia, Tailândia, China, Coreia e Japão) alcançaram grande sucesso de crítica e de público.
Adriano Jordão também se apresentou , para além de Portugal, em Espanha, França, Bélgica, Holanda, Alemanha, Itália, Áustria, Finlândia, Rússia, Bielorrússia, Ucrânia, Republica Checa, Eslováquia, Hungria , Roménia, Grécia e Turquia.
Colaborou com os mais importantes maestros portugueses e estrangeiros, destacando-se Alain Lombard, Sandor Végh, Claudio Scimone, Van Remoortel, Richard Treiber, Christian Mandeal, Horia Andreescu, David Epstein, Peter Feranec, Nicholas Kremmer, Nicholas Braithwake , e também com os maestros Chineses Muhai Tang, Yuan Fang e Chen Zou Huang.
Adriano Jordão é um apaixonado pela voz humana, colaborou com grandes estrelas mundiais do canto como Ileana Cotrubas, Peter Schreier, Teresa Berganza, Katia Ricciarelli, Julia Hamari, Lella Cuberli e Alfredo Kraus.
Foi o fundador e diretor artístico do Festival Internacional de Música de Macau nos seus primeiros cinco anos , também foi diretor artístico do festival da Casa de Mateus e do Festival dos Açores durante 6 edições; foi diretor artístico do Festival de Música de Sintra e deste a sua fundação, em 2016, é o director do Festival Internacional de Música de Mafra.
Tem o curso superior de Direito, pela Universidade de Lisboa; foi agraciado com o título de Oficial da Ordem das Artes e das Letras pelo Governo Francês, com a Medalha de Mérito da Ordem Soberana de Malta e é ainda de salientar que em 2018 foi agraciado com o título de Cidadão Honorário de Brasília, entre outras distinções.
De 2004 a 2011 foi Adido Cultural de Portugal em Brasília, no Brasil , e entre 2013 e 2016, foi vogal do Conselho de Administração do Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa.

Programa / Cartaz

Três Sonatas..Carlos Seixas
Lá menor
Dó Maior
Ré Maior

Sonata nº 48 em Dó Maior.Haydn
Andante com espressione
Rondó Allegro

Sonata op.13 PatéticaBeethoven
Grave Allegro di molto e com brio
Adagio cantabile
Rondó Allegro

Prelúdio e Fuga em Lá menor..Bach/Liszt
(transcrição de órgão)

Preços

Plateia: € 12,00 (descontos em vigor)

Adriano Jordão

Transportes Públicos

Autocarros e eléctricos
Av. 24 de julho - 15E, 18E, 728, 732, 760
Av. Infante Santo - 720, 738
Av. de Ceuta - 712, 713, 714, 727, 742, 751 e 756

Comboios
Linha de Cascais (Estação de Alcântara) *
Linha da Azambuja (Alcântara-Terra)
* Na estação de Alcântara existe uma passagem subterrânea para peões com saída junto ao Museu.

Estacionamento

Parque público junto ao Museu.

-
Partilhar

Serviços Adicionais